Teilhard no mundo

No biénio 2007-2008, a nossa Associação foi eleita presidente do CET – Centre Européen Teilhard de Chardin.  O CET – Centre Européen Teilhard de Chardin era um organismo europeu, criado em 1989 pelas associações europeias de Teilhard de Chardin, belga, francesa, alemã, italiana e inglesa, com a finalidade de aprofundarem em conjunto o pensamento de Teilhard de Chardin e o difundirem, não somente na Europa, mas também noutras partes do mundo, sobretudo intensificando as relações com as congéneres dos Estados Unidos e do Canadá.

Numa sessão solene, que teve lugar no Palácio da Europa, em Estrasburgo, em setembro de 1989, sob o patrocínio do Conselho da Europa, foi assinada a “Charte Européenne Teilhard de Chardin”, onde se estabeleceram os princípios da citada cooperação a nível internacional.

Essa “Charte” formulava como objectivos reforçar a acção exercida nos diversos países da Europa pelas Associações Teilhard de Chardin, intensificando e organizando as suas relações num quadro apropriado, […] o que implica uma centração a cada nível de organização antes de passar ao nível seguinte e para facilitar o desenvolvimento ulterior da cooperação intercontinental, […] a fim de se manter em harmonia com a concepção teilhardiana de desenvolvimento dos conjuntos complexos. Com estes objectivos, assim ali expressos em linguagem eminentemente teilhardiana, procurou o CET realizar a cooperação internacional a que se propôs, não sem sofrer os avanços e recuos que, como o próprio Teilhard postulou, caracterizam a evolução e o crescimento dos organismos vivos.

Entre outras iniciativas, foi decidido, pela mão das associações francesa, italiana e a nossa, o lançamento de uma revista europeia, na qual estas três associações intercambiariam artigos que eram inseridos por cada uma nas suas próprias versões, traduzidos ou não. A primeira destas revistas surgiu em outubro de 2007, tendo-se-lhe seguido mais nove, sendo a última a que foi publicada em outubro de 2014. A partir de fevereiro de 2011, o CET veio a dar lugar a um organismo virtual, intitulado TEILHARD-WORLD, em que o espírito de intercâmbio se alargou a países também fora da Europa (como aliás era previsto na “Charte”) e que é mantido a partir da associação francesa.

A revista europeia, que em Portugal recebeu o nome de “Teilhard Hoje – na Europa”, publicou, ao longo dos seus 10 números, um interessante acervo de artigos que, achamos, vale a pena revisitar. Por esse motivo, foi criado um novo sub-separador intitulado ‘Teilhard no mundo’ no separador “Teilhard de Chardin”, onde não só podem ser consultados os números das edições portuguesas da revista, como ainda os textos das comunicações periódicas de TEILHARD-WORLD, a que, com o tempo, se acrescentarão os que vierem a ser divulgados.

Para já, pode ser já feita uma visita a este sub-separador AQUI

Leiam-nos e procurem
FAZER DOS VOSSOS AMIGOS, AMIGOS DE TEILHARD DE CHARDIN  (VER AQUI) 

SUMÁRIO

  • EFEMÉRIDE
  • AGENDA
  • TEILHARD EM BANDA DESENHADA
  • PUBLICAÇÕES
  • UM PENSAMENTO DE TEILHARD  

 

EFEMÉRIDE

HÁ CEM ANOS, A «MISSA SOBRE O MUNDO»

No dia 17 de maio de 1923, o Padre Teilhard, chegado de França, desembarca em Xangai. No dia 21 de maio está em Tientsin onde iniciava a sua colaboração com o Padre Licent e as suas pesquisas paleontológicas, por conta do Museu de História Natural, de Paris. Esta missão, inicialmente prevista para durar um ano, iria prolongar-se até 1946. Nesses mais de vinte anos, Teilhard percorreria a China em todos os sentidos ao longo das numerosas expedições científicas que empreendeu, tomando contacto com as suas populações tão variadas e as suas elites, então sob a pressão dos turbilhões das revoltas e, depois, das guerras.

Foi em junho deste mesmo ano de 1923 que Teilhard escreveu, na sua expedição ao deserto de Ordos, o seu célebre escrito «MISSA SOBRE O MUNDO» (link), vindo todo este período chinês a ser decisivo para a redacção dos seus grandes escritos da maturidade, sobretudo os respeitantes à visão da evolução, o futuro da Humanidade e o lugar de Cristo. Na China, Teilhard intuiu a unidade do género humano, a noosfera em processo de realização, a lenta germinação do amor transportado pela seiva cristã. Apercebeu-se, igualmente, da força de transformação que poderia emanar duma síntese espiritual, com sucesso, do Oriente e do Ocidente, da visão cristã do Homem e da visão taoista da natureza. Uma síntese em que a China estaria no epicentro. Quando a China despertasse…

 

AGENDA

CURSO ABERTO TEILHARD DE CHARDIN

Desde o dia 3 de novembro de 2022, a nossa Associação tem vindo a realizar o CURSO ABERTO TEILHARD DE CHARDIN, sob a direcção do Padre Vasco Pinto de Magalhães sj. Tem havido uma média de 40 participantes nas sessões já efectuadas. Trata-se dum conjunto de comunicações quinzenais que irão ser feitas, em ZOOM, por diversos especialistas, ao longo de dois anos “lectivos”, compreendendo dois módulos: o primeiro, de novembro 2022 a junho 2023, e, o segundo, de setembro 2023 a junho de 2024. (ver o programa clicando AQUI). O curso baseia-se na obra recentemente editada pela nossa Associação, em português, da autoria do professor de teologia Gérard Donnadieu (Centre Sèvres e Collège des Bernardins, Paris), intitulada «Teilhard de Chardin revisitado, um cristianismo renascido para o 3º milénio».

Este curso constitui uma grande iniciativa que se destina a ser o mais abrangente possível, com vista a alargar o conhecimento do pensamento de Teilhard de Chardin e a promover a vivência da fé cristã numa perspectiva alinhada com a visão inovadora e libertadora que ele nos propõe. É absolutamente gratuito, podendo qualquer pessoa interessada nele se inscrever, seja membro ou não da Associação, bastando para tal enviar um email para teilhardportugal@gmail.com .

Cada comunicação versará um tema específico incluído na obra e, antecipadamente, serão, por este meio, postas à disposição dos inscritos as folhas referentes a cada sessão e enviado o link e dados de acesso ao respectivo zoom. Podem visionar AQUI os vídeos com as gravações das três primeiras sessões já efectuada.

16º RETIRO ANUAL TEILHARD DE CHARDIN

Ainda há algumas vagas para este Retiro anual, que se realiza nos dias 26-28 de maio de 2023. (remeter por link para o separado Actividades-Retiros- 16º Retiro anual 2023) As inscrições podem efectuar-se através do email teilhardportugal@gmail.com ou utilizando a ficha de inscrição automática.

2º ENCONTRO NACIONAL DOS AMIGOS DE TEILHARD DE CHARDIN

À semelhança do ano passado, voltaremos a reunir os amigos de Teilhard, mais uma vez na Casa Velha, Vila nova de Ourém, e, mais uma vez, em abril. Com este Encontro, comemoraremos as datas de nascimento e morte de Teilhard (1 de maio e 10 de abril) e voltaremos a ter uma sessão de reflexão sobre o seu pensamento. A data, ainda sujeita a confirmação por parte da Casa Velha, será muito provavelmente o domingo 16 de abril.

PUBLICAÇÕES 

A propósito do falecimento de Bento XVI, no passado dia 31.12.2022, a Associação Espanhola de Amigos de Teilhard de Chardin, num texto publicado pelo seu presidente, o jesuíta Prof. Leandro Sequeiros, recorda-nos como este teólogo, ao longo do seu tempo de professor de teologia e de papa, apreciou o pensamento de Teilhard de Chardin.Entre outras obras e momentos em que Joseph Ratzinger pôs em relevo o pensamento de Teilhard, recordemos apenas a citação que Sequeiros faz da «Introdução ao cristianismo» (Joseph Ratzinger), referindo-se à relação de Jesus com toda a humanidade: «Há que reconhecer, como um mérito importante de Teilhard de Chardin, o de ter ele repensado estas interconexões numa perspectiva da actual imagem do mundo e, apesar de uma tendência de biologismo, não totalmente inquestionável, tê-las captado, em geral, de forma certamente correcta e, tê-las, em todo caso, tornado novamente acessíveis». (ver texto completo no separador TEILHARD WORLD tornar link)
 

PENSAMENTO DE TEILHARD 

«Detemos, afinal, um parâmetro absoluto dos desenvolvimentos, não somente da Vida terrestre, mas do Mundo. Semelhante a uma maré, a subida multiforme na direcção da Consciência enche-se da sua seiva e pressiona para a frente, sem recuo nem desvios do conjunto, todas as fibras da Biosfera; – os seus batimentos sucessivos marcam as grandes etapas da Vida; – e, seguindo o seu eixo de progressão, um dia, essa pressão rompe sobre um domínio novo. Após milhares de séculos de esforços, a Vida terrestre, filha do Cosmos, emergiu no Pensamento.» (trad. “L’Esprit de la Terre, tomo VI, Obras Completas, p.34-35)