ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DE PIERRE TEILHARD DE CHARDIN EM PORTUGAL dá aqui início à publicação da sua  «NEWSLETTER» mensal, como meio privilegiado de comunicação com os seus sócios e outros públicos interessados em Teilhard de Chardin. O objectivo é manter os que procuram o site informados quanto às nossas acitividades recentemente realizadas, bem como quanto à agenda dos eventos programados para os tempos seguintes. Mas igualmente procuraremos dar notícia do que se passa no universo das diferentes associações ligadas ao nome de Teilhard, espalhadas pelo mundo, e de tudo o que neste âmbito possa surgir com interesse para os visitantes do nosso site. Convidamos, pois, a entrarem na nova «NEWSLETTER», onde nos debruçamos sobre a Vida da Associação e seus pontos de encontro, revelamos a Agenda de actividades, abordamos Teilhard no mundo e as Publicações mais recentes, a comemoramos uma Efeméride.

«Enquanto, no caso de um Mundo estático, o Criador (causa eficiente) permanece, diga-se o que se disser, estrutu­ralmente desprendido da sua obra e, logo, sem fundamento definível para a sua imanência — no caso de um Mundo de natureza evolutiva, pelo contrário, Deus já não é concebí­vel (nem estrutural nem dinamicamente) senão na medida em que, como um género de causa «formal», Ele coincide (sem se confundir) com o Centro de convergência da Cosmogénese. Nem estrutural nem dinamicamente, digo bem: porque se Deus não nos aparecesse agora nesse ponto supremo e preciso onde se enlaça de ora avante a nossos olhos a Natureza, já não seria para Ele (situação absurda!) mas para um outro «Deus» que tenderia inevitavelmente o nosso poder de amar.» (Teilhard de Chardin, A MINHA FÉ)

 VIDA DA ASSOCIAÇÃO

  • Assembleia Geral – realizada em março de 2019:
    Aprovadas as contas e relatórios de 2017 e 2018, bem como plano de actividades para 2019. Nomeado Sócio Honorário o Prof. Manuel Patrício, antigo reitor da Universidade de Évora e grande amigo de Teilhard de Chardin. Eleito para presidente da Mesa da Assembleia Geral o Padre Vasco Pinto de Magalhães sj.
  • «CUIDAR DA CASA COMUM» – fazendo a AAPTCP parte da rede deste movimento, participámos na Caminhada Orante, realizada no Seminário da Luz no dia 6 de junho. Em caixa, o texto da oração de abertura desta celebração.
    “Vem Espírito Santo”
    Irmãs e irmãos, neste tempo de Pentecostes, vamos avançar numa caminhada orante, juntos, com a Criação: percorreremos este jardim dos irmãos franciscanos, entre as árvores e as flores, os pássaros e o sol, microcosmo do grande cosmos da obra do Senhor. Iluminados pelo Espírito, guiados pela palavra da Escritura e juntos com São Francisco de Assis, com o Papa Francisco e outras vozes da Igreja universal, queremos pedir e receber a SABEDORIA para podermos viver uma “mística no nosso quotidiano”, uma conversão ecológica integral.

 

PONTO DE ENCONTRO

  • Grupos de leitura – esta é uma das actividades mais marcantes da vida da AAPTCP. Aconselhamos a visita ao separador «Grupos de Leitura» onde se encontram todas as informações relativamente às reuniões de cada grupo, temas em leitura, datas, comentários. No mês de agosto, suspendemos os nossos encontros para serem retomados a partir de setembro. Qualquer pessoa pode participar, não precisando de ser associado nem de ter uma preparação especial. Em qualquer momento qualquer pessoa em qualquer grupo pode começar a familiarizar-se com o pensamento de Teilhard de Chardin. Em todos os grupos se faz o acolhimento de novos membros, dando-lhes os meios de iniciarem ou alargarem os seus conhecimentos nesta área.
  • RETIROS – anualmente, a AAPTCP leva a efeito um retiro inspirado na espiritualidade de Teilhard de Chardin. No próximo ano realiza-se o 14º Retiro (ver detalhes na 1ª página do nosso site), mais uma vez na Casa de Exercícios de Santo Inácio, no Rodízio, Praia Grande (Sintra). Desde o primeiro destes Retiros, em 2007, que é o Padre Vasco Pinto de Magalhães sj quem os dirige. O número de participantes tem vindo sempre a aumentar, pois os nossos Retiros despertam muito interesse, quer entre os que conhecem Teilhard de Chardin e frequentam as actividades da AAPTCP, quer outras pessoas que deles tomam conhecimento, tendo prioridade os associados. O limite é estabelecido pela capacidade de alojamento e lotação da sala disponível. A partir de janeiro comunicamos pessoalmente a todos os associados e participantes anteriores a realização do próximo Retiro, podendo fazer-se a inscrição a partir desta data.

 

AGENDA

  • CURSO TEILHARD DE CHARDIN – dando continuidade à experiência de grande projecção que foi o Curso Teilhard de Chardin, levado a cabo em fevereiro de 2017 no Instituto de Estudos Académicos para Seniores – Adriano Moreira, (ver separador «Eventos»), a AAPTCP está a organizar um novo curso livre, a realizar no mesmo local e, mais uma vez, em cooperação com a Academia das Ciências de Lisboa, que terá lugar na primeira quinzena de dezembro de 2019. O tema geral do curso será «TEILHARD DE CHARDIN. Espírito e Ultra-humanismo: que futuro para a Humanidade?». Os docentes serão o Prof. Pe. Augustin Udias sj, professor jubilado de geofísica da Universidade de Madrid, o Prof. Luís Sebastião, Universidade de Évora, o Prof. Pe. Bruno Nobre sj, professor de filosofia na Universidade Católica, o Prof. Michel Renaud, presidente da nossa Associação e professor da Universidade Nova de Lisboa, e António Paixão.  Oportunamente será divulgado os programa detalhado.

 

TEILHARD NO MUNDO

  • «Teilhard de Chardin – Doutor da Igreja» –  por iniciativa de um grupo de cientistas e académicos ligados à Loyola University in Baltimore, Maryland, (EUA), foi lançada uma petição pública dirigida ao Papa Francisco para que Teilhard de Chardin seja declarado Doutor da Igreja. O link para subscrever a petição é:   https://action.groundswell-mvmt.org/petitions/declare-pierre-teilhard-de-chardin-s-j-a-doctor-of-the-roman-catholic-church . A AAPTCP informou-se junto da Associação francesa sobre a solidez desta iniciativa e obteve a garantia da sua seriedade e da idoneidade dos seus promotores. Porém, a Associação francesa não subscreveu a petição institucionalmente porque a declaração de “Doutor da Igreja” é a última etapa dum processo longo, que se inicia com a beatificação de alguma figura destacada da Igreja e só tem hipótese de se concretizar se a dita figura vier a ser canonizada. É o que presentemente está em curso relativamente ao Cardeal Newman, que vai ser canonizado a 13 de outubro próximo pelo Papa Francisco e que se espera venha posteriormente a ser declarado Doutor da Igreja. Le parcours pour Teilhard, s’il a lieu ce que je souhaite vivement, sera sans doute semblable et il y a donc lieu d’être patient. Esta frase, proferida a este respeito pelo Prof. Gérard Donnadieu, presidente emérito da Associação francesa, traduz o sentimento que se vive sobre esta matéria nos meios teilhardianos franceses. Por esse motivo, a Associação francesa recomenda aos seus associados e simpatizantes a subscrição, a título pessoal, da petição. A AAPTCP assume posição idêntica e não deixa de estimular os amigos de Teilhard de Chardin em Portugal a aderirem a esta meritória iniciativa, assim, de algum modo, contribuindo para um cada vez maior reconhecimento do seu valor e projecção do seu fecundo pensamento.
  • Teilhard e Stephen Hawking – O serviço “Teilhard World” que, a partir de França, faz a divulgação à escala mundial de notícias e artigos relativos a Teilhard de Chardin, enviou recentemente à AAPTCP um texto de Kathleen Duffy, SSJ, professora de física na Universidade de Chestnut Hill (Filadélfia), colocando em confronto a abordagem da criação, por um lado, do físico e cosmologista Stephen Hawking, morto há pouco mais de um ano, e, por outro, de Teilhard de Chardin. Este texto, que põe em evidência a perplexidade proveniente de algumas posições mais recentes de Hawking sobre Deus, pode ser lido (em inglês) na íntegra   AQUI

 

PUBLICAÇÕES

Em Portugal

  • O Pe. Vasco Pinto de Magalhães sj publicou recentemente, na Tenacitas, Coimbra, um pequeno livro com um título desafiador: «O Mal e o Demónio», que tem uma introdução do Pe. Pedro Miguel Lamet sj,, o mesmo que é autor da biografia de Pe. Pedro Arrupe sj (edição portuguesa da Tenacitas, 2005). Nesta obra, o Padre Vasco, com a sua clarividência inaciana, serenamente desdramatiza os preconceitos e ideias inveteradas que pairam sobre as consciências dos crentes em matéria de mal e de demónio, sem contudo deixar de valorizar a realidade do mal sentido na vida de cada um. A título de exemplo, no 2º capítulo intitulado O Demónio, de que estamos a falar?, pode ler-se este pequeno parágrafo (p.54), bastante esclarecedor do teor geral da obra: A teologia é evolutiva, não é feita duma vez. É um percurso lento e uma aproximação da verdade revelada. E são tantos os casos em que o pensamento foi evoluindo. Por exemplo: pecado original, Maria, Ressurreição, Eucaristia, géneros literários da Bíblia. Sob um título Revelação de Deus e das verdades da fé, pode ler-se (p.73): As verdades da nossa fé são as revelações que Deus fez de si próprio e que vamos conhecendo por auto-revelação de Deus. E, como não podia deixar de ser, Teilhard de Chardin vem citado, na página 76, a propósito de A condição humana e as projecções do ser católico, podendo aí ler-se: Sabemos que em Cristo, por Cristo e para Cristo, ‘ vimos dos caótico e vamos para o cósmico ‘, da desordem e caos para a harmonia e beleza. Este é o processo cósmico, cosmogénese que se torna cristogénese. Mas há forçass pessoais e colectivas de travagem e de desvio; essas são mal, pecado e mentira. Encontramos-nos aqui com a visão que Teilhard de Chardin desenvolveu, e que, para tantos, fez ressurgir a esperança.
  • Em junho deste ano, foi lançado o livro «Tudo o que sobe converge – introdução ao pensamento de Teilhard de Chardin» (Tenacitas, Coimbra). É seu autor o filósofo e cientista francês Claude Tresmontant, que o publicou em França nos anos sessenta do século passado, quando, após a morte de Teilhard em 1955, a torrente de edições das suas obras inéditas causaram um furor inusitado e deram origem a outra torrente de obras debruçando-se sobre o seu pensamento, até aí escondido nas gavetas do Padre jesuíta, porque proibido de as publicar, em vida. Nessa altura, por todo o mundo, choveram as traduções destas obras e outras aparecendo, país a país, a tratar a novidade arrebatadora da visão de Teilhard sobre o homem, o mundo, o universo e Cristo. Em Portugal ocorreu o mesmo fenómeno, tendo-se, na época, destacado a Morais Editora, a qual se focou particularmente nos autores que abordaram então o pensamento de Teilhard de Chardin. Assim, em 1961, apareceu, pela mão da Morais, entre outras, a edição desta obra de Tresmontant, numa tradução do escritor português Nuno de Bragança. A AAPTCP tem pugnado por que as obras de Teilhard, e algumas das que trataram o seu pensamento, no passado publicadas em português, em Portugal, possam de novo ser editadas, confrontando-se, no entanto, com o problema de algumas das editoras envolvidas na altura nesta acção se encontrarem actualmente extintas. É o caso da Morais. Consultado um dos ex-responsáveis da editora sobre a hipótese de reedição dessas obras, utilizando o texto então impresso, obtivemos a garantia de que, da parte dos ex-responsáveis da Morais, não haveria qualquer objecção, mas chamou a nossa atenção para a necessidade de obter a anuência dos tradutores ou seus herdeiros. Esta tarefa, como se compreende, é espinhosa, não sendo fácil localizar os tradutores de há mais de cinquenta anos atrás ou os seus herdeiros. Felizmente, no caso do Nuno de Bragança, já falecido, foi possível entrar em contacto com os filhos que não objectaram ao uso do texto por uma outra editora. E assim reapareceu em português agora esta obra de Tresmontant, que é geralmente considerada uma das mais importantes para iniciação no pensamento de Teilhard. De notar que foi o Padre Vasco Pinto de Magalhães sj quem prefaciou a presente edição.

 

No estrangeiro

  • Teilhard de Chardin, Science – Géopolitique – Religion, l’avenir réenchanté (Editor “les acteurs du savoir”, 2018). Trata-se de uma tentativa de inserção na actualidade do pensamento de Teilhard pela mão e competência do antigo presidente da Associação francesa do Amigos de Teilhard de Chardin, Gérard Donnadieu. Do texto em português desta obra (tradução feita por iniciativa da AAPTCP mas que ainda não encontrou editor), apresenta-se, a seguir, o primeiro parágrafo do capítulo “Introdução”, que testemunha o vínculo inabalável do autor à pessoa e pensamento de Teilhard de Chardin: Encontrei Teilhard…e ele orientou a minha vida. Antes de entrar a fundo no assunto desta obra consagrada a uma apresentação actualizada do pensamento de Pierre Teilhard de Chardin, pareceu-me necessário dizer algumas palavras pessoais e, sobretudo, indicar os motivos que me levaram a escrevê-lo. Chegado ao fim duma longa vida dedicada em grande parte ao ensino e à investigação no domínio das ciências, primeiramente físicas, mais tarde económicas, sociais e religiosas, creio ser-me legítimo testemunhar aquilo que, desde os anos da minha juventude, não cessou de orientar a minha vida. Este livro dá-me a ocasião de o fazer, permitindo-me, além do mais, honrar publicamente uma dívida de sessenta anos, uma dívida imensa para com o Padre Teilhard de Chardin. Através dos seus escritos, ele terá sido a bússola da minha existência; o meu inspirador no momento de escolhas difíceis; um modelo de vida cristã para o cientista e homem de acção que eu era.

  • La presencia de Cristo en el mundo – Las oraciones de Teilhard de Chardin, do Padre Agustín Udías sj (Sal Terrae en 2017). O Padre Udías escreveu uma versão mais curta em inglês que se pode ler através do seguinte link: https://www.dropbox.com/s/ue73wov2sy2a0xp/Christs-presence-in-the-world.docx?dl=0

PENSAMENTO DE TEILHARD

«La Grâce est la sève unique montant dans les branches à partir du même tronc, le sang courant dans les veines sous l’impulsion d’un même coeur, l’influx nerveux traversant les membres sous l’impulsion d’une même tête; et la tête radieuse, et le coeur puissant, et la tige féconde, sont inevitablemente le Christ» (“Écrits du temps de la guerre”, Seuil, Paris, 1965)

EFEMÉRIDE

Passam hoje 100 anos que Teilhard escreveu o seu texto intitulado «A potência espiritual da Matéria». Efectivamente, foi no dia 8 de agosto de 1919 que ele escreveu, em Jersey, este texto, integrando-o num apêndice ao seu escrito “Le Coeur de la Matière”, de 1950 (Tomo XII, Obras Completas, p.19, considerado como autobiográfico). Esse apêndice é constituído por excertos das “Três histórias à maneira de Benson”, redigidas na frente de batalha, em 1916, sob o título geral de “O Cristo na Matéria” (Tomo XII das OC, p.107), e por “A potência espiritual da matéria”. Este escrito é uma alegoria da luta do Homem com a Matéria, até nela reconhecer o seu poder espiritual, baseada na passagem do Antigo Testamento da subida ao céu, num carro de fogo, do profeta Elias, observado nesse arrebatamento pelo seu discípulo Eliseu (2Reis 2:11). No texto de Teilhard, o Homem, depois de reconhecer que “Deus resplandecia no pináculo da Matéria, cujas vagas traziam até ele o Espírito”, ajoelha e recita o «Hino à matéria».  Para comemorar esta efeméride, pomos aqui à disposição este magnífico texto de «A potência espiritual da Matéria». (LER AQUI)

A nossa congénere em Espanha, pela mão do seu vice-presidente, o Padre Leandro Sequeiros sj, assinala esta efeméride com um esplêndido artigo publicado hoje na página Religion Digital , cujo link é:

https://www.religiondigital.org/cultura/redaccion-potencia-espiritual-materia-teilhard-chardin_0_2142385749.html